Pocket Monsters Red Pocket Monsters Green Pocket Monsters Blue

Em 2017, as versões Pokémon Red e Green entraram para o World Video Game Hall of Fame. A celebração acontece desde 2015, sempre no primeiro semestre do ano, o júri é formado por jornalistas e estudantes especializados em games. “Sobre o Pokémon Vermelho e Verde: Pokémon criou um fenômeno cultural multinacional quando foi lançado no Nintendo Game Boy em 1996 como Pocket Monsters Aka (Red) e Midori (Green). O jogo desafiou os jogadores a coletar 151 monstros únicos, e a Nintendo criou a frase-chave onipresente: "Temos que pegar todos!" A partir de 2014, a franquia Pokémon abrangeu mais de 260 milhões de cópias de seus jogos, 21,5 bilhões de cartões comerciais, E inúmeros spinoffs, incluindo mais de 800 episódios de televisão e 17 filmes. Says Symonds, "Pokémon Red and Green lançou uma franquia que tomou o mundo pela tempestade, abaixando muitos de seus personagens, como o Pikachu, na cultura popular. Quase duas décadas após o início e com a introdução de Pokémon Go, "Poké-mania" mostra pouco sinal de desvanecimento ", segundo o site da premiação (www.museumofplay.org).

Mentor

Shigeru Miyamoto - Produtor

Quando apresentou o projeto dos games para a Nintendo, Satoshi não causou muita empolgação, pois os executivos da Nintendo acreditaram que não seria um título comercial. A idéia de lançar duas versões distintas, possuindo o mesmo enredo, mas Pokémon exclusivos em cada uma foi de Shigeru Miyamoto, criador de Mario, The Legend of Zelda e tantos outros personagens dos games da Nintendo.

Apesar do apoio, às primeiras versões levaram seis anos de desenvolvimento até serem lançadas em junho de 1997.

Segunda Geração: Gold, Silver e Crystal

As versões Gold e Silver foram desenvolvidas para serem as últimas versões de Pokémon, uma continuação direta dos primeiros jogos. Mas foi à partir delas que o jogo se transformou numa franquia. O projeto foi batizado inicialmente como Pocket Monsters 2, adicionando 100 novos monstros, totalizando 251 espécies e um novo continente a ser explorado. Johto é vizinho do continente de Kanto, onde se passa a história original. Ambos são baseados em regiões reais do Japão, Kanto para Red, Green, Blue e Yellow e Kansai para Gold e Silver.

O sucesso de vendas acompanhou seus antecessores, vendendo cerca de 23,10 milhões de unidades no mundo todo, ficando em terceiro lugar entre os 10 mais vendidos do Game boy. Seguindo a tradição que foi iniciada com Pokémon Yellow, Gold e Silver também tiveram uma terceira versão “melhorada”, batizada de Pokémon Crystal, que vendeu 6,39 milhões de unidades, sendo esse o último game lançado para o Gameboy e o sétimo mais vendido para o console.

Pokémon Crystal foi um marco na franquia Pokémon por trazer várias novidades para o universo dos monstrinhos de bolso. A primeira delas foi a possibilidade de escolher o gênero do personagem, já que antes só era possível jogar com um garoto. Aqui também vemos pela primeira vez os Pokémon em movimento, antes eles eram sprites estáticos. Mas a maior novidade de todas foi a possibilidade de conectar o jogo à internet, através do Mobile Adapter que conectava o Game boy Color com um celular para fazer a conexão.

Foto - Mobile Adapter GB
"Mobile Adapter GB" trouxe a possibilidade de conectar o Game Boy na internet.

Mesmo com todas as novidades, Pokémon Crystal quase não foi lançada fora do Japão, por ser um jogo exclusivo de Gameboy Color e usar a conexão com o Mobile Adapter, que só era compatível com a telefonia móvel japonesa, que possuía uma tecnologia mais avançada que a ocidental. Em setembro de 2017, as versões Gold e Silver também serão lançadas para o Virtual Console do Nintendo 3DS.


  • Video - Anuncio das versões Gold e Silver para o Virtual Console do Nintendo 3DS.